Bahia

Após prisão de criminoso, homem é executado dentro de casa em Itanhém

11/11/2017 - às 18:11h
Por Bell Kojima


Na noite da última sexta-feira (10), após a prisão do criminoso Dione Oliveira de Matos, por homens do PETO, 2 criminosos armados invadiram uma residência localizada na rua Edvaldo Nogueira, no bairro Monte Santo em Itanhém, e executaram Adilson Cruz de Souza (40 anos). O crime, segundo a Polícia, aconteceu porque os comparsas de Dione acreditam que Adilson tenha sido o responsável pela denúncia que levou os homens do PETO à prende-lo.

A Polícia Militar esteve no local, confirmou o homicídio, e preservou o local até a chegada da Polícia Civil. O delegado Gilvan de Meireles, juntamente com o investigador Danilo, se deslocou até o local, onde realizou o levantamento cadavérico. O delegado encontrou o corpo em decúbito lateral e solicitou perícia. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica, liderada pelos peritos Danilo Bastos e Pablo Bomjardim, esteve no local realizando os trabalhos periciais.

Segundo informações passadas ao delegado, a vítima foi atingida por 5 disparos de arma de fogo, possivelmente um revólver calibre .38.

Os tiros foram 1 no ombro direito, 1 no ombro esquerdo, 1 no ouvido esquerdo, 1 no abdômen e 1 na coxa, sendo que o último causou a fratura do fêmur. Finalizando os trabalhos periciais, o delegado autorizou remoção e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Teixeira de Freitas, onde será submetido a necropsia neste sábado. O delegado instaurou um inquérito policial para investigar autoria e motivação do crime.

   Segundo o delegado Gilvan, possivelmente o crime está ligado à prisão de Dione. O delegado ouviu Dione, que disse não saber o real motivo do crime, pois, quando ocorreu o homicídio ele já estava preso e sendo apresentado em Teixeira.

O delegado irá encaminhar a continuidade das investigações para a Delegacia de Itanhém, que deverá realizar diligências investigativas. Nossa equipe teve acesso aos vulgos de dois suspeitos, que não serão divulgados para não atrapalhar as investigações.


Por Rafael Vedra/Liberdade News

Edição Bell Kojima


 

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email