Educação

Reordenamento escolar acontece em outras cidades do país como em Salvador

24/11/2017 - às 13:11h
Por Franciele Pinho

O reordenamento escolar da rede municipal não acontece apenas em Teixeira de Freitas. Grandes cidades como em Salvador, a necessidade de uma reorganização das escolas municipais é uma realidade. A Secretaria Municipal de Educação de Salvador anunciou neste mês de novembro, alunos de entre dez e 15 escolas da rede municipal serão remanejados para outras unidades para o ano letivo de 2018.

De acordo com o secretário Municipal de Educação (Smed), Bruno Barral, o processo já está em andamento. “Essa organização faz uma avaliação da quantidade de alunos por turmas que temos, para otimizar o tempo dos professores e fazer rede de educação eficiente. Quando inicia ano com quantidade e termina com número menor, é necessário que nesse momento de formação de turmas procure entender onde pode ser mais eficiente”, explicou o secretário.

Entre as escolas que passam pelo reorganização é a Escola Municipal Allan Kardec, localizada no bairro da Graça. De acordo com o secretário municipal de Educação de Salvador há quatro salas com capacidade para 25 alunos, mas não passam de 13 o número de estudantes. “É claro que a gente entende que é escola de tradição, que tem todo um apelo da comunidade pela formação dos alunos e o tempo que se tem, mas a gente está propondo quatro opções. São escolas perfeitamente bem montadas e estruturadas.

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email