Esportes

Virou caso de polícia: “Todos vão pagar”, afirma árbitro agredido em jogo entre Teixeira de Freitas e Eunápolis

4/09/2017 - às 19:09h
Por Repórter Coragem

Após ser agredido durante a partida entre Eunápolis e Teixeira de Freitas, pela 5ª rodada do Intermunicipal 2017, o árbitro Leonardo Oliveira de Carvalho, natural da cidade de Itapetinga, falou sobre a violência, que segundo ele foi praticada por alguns jogadores e membros da comissão técnica do selecionado teixeirense. Atingido com socos e pontapés, o árbitro que já registrou o caso na Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas (DEPOL), promete ir até as últimas consequências para que os agressores sejam punidos.

Nas redes sociais, Leonardo Oliveira relatou a agressão e falou de suas providências. “Só agora estou podendo responder aqui no grupo. Eu graças a Deus já estou bem. Já fui ao Hospital ser medicado e quando sair fui na Delegada, que já mim ouviu e eu narrei tudo o que aconteceu falando os números de todos os agressores e o nome completo deles”, escreveu.

E completou: “Agora estou aqui novamente no Hospital pois já fiz o raio x e estou esperando o médico mim dá o laudo. Amanhã irei voltar para a delegacia pois irei fazer o corpo de delito e já contei o ocorrido para meu Advogado e irei levar para o Fórum. TODOS ELES VÃO PAGAR! Irei até o fim com isso. Isso não irá ficar sem punição”.

A Federação Bahiana de Futebol, que organiza o Intermunicipal, ainda não informou o conteúdo da súmula da partida em que Teixeira de Freitas perdeu de 5 a 1 para Eunápolis. Se a violência foi relatada oficialmente pelo árbitro Leonardo Oliveira de Carvalho, a Seleção de Teixeira de Freitas, que já está eliminada do Intermunicipal, pode ser punida e até ficar de fora das próximas competições oficiais da FBF.

Fonte:Da redação TN

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email