Esportes

Warley tem alta de hospital e é orientado a não falar sobre travesti


Ex-jogador estava internado por causa de três facadas que levou nas costas; entenda


31/01/2018 - às 19:01h
Por Bell Kojima

Warley

O ex-jogador Warley recebeu alta médica do hospital onde estava internado em João Pessoa (PB), nesta quarta-feira (31), e foi para casa. Ele foi orientado pelos advogados do Botafogo-PB, clube do qual é diretor de futebol, a não se pronunciar sobre o caso, por conta da versão do travesti, até que as investigações sejam concluídas por parte da Polícia Civil.

 

ENTENDA O CASO

 

Na madrugada da última sexta-feira (26), Warley procurou um hospital após levar três facadas nas costas. O ex-jogador, que passou por clubes como Grêmio, São Paulo e Palmeiras, além de ter defendido a seleção brasileira, disse que sofreu uma tentativa de assalto ao parar num sinal de trânsito.

Warley teve o pulmão ferido e precisou passar por dois procedimentos cirúrgicos. Na segunda-feira (29), ele foi ouvido pela Polícia e confirmou o assalto. Entretanto, na terça (30), os agentes prenderam o suspeito de atacar o ex-jogador.

Victor Coelho, Victoria

Preso, o rapaz foi identificado como Victor Coelho, disse que trabalha como travesti e negou que tenha havido assalto, contradizendo a versão de Warley.

   Coelho afirmou que o ex-jogador teria se recusado a pagar um programa, o que gerou uma briga entre eles.

A Polícia Civil continua investigando o caso.


Edição Bell Kojima


Entenda o caso:

Ex-jogador com passagens pela seleção é esfaqueado em assalto

Suspeito de esfaquear ex-jogador Warley é travesti e conta outra versão do caso


 

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email