Geral

Pais de bebê e menina que morreram durante incêndio são autuados por homicídio

13/08/2017 - às 14:08h
Por Repórter Coragem

Os pais de um bebê de um ano de idade e de uma menina de 3, que morreram em um incêndio na casa em que moravam, foram autuados por homicídio culposo em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. Segundo o delegado Danilo Menezes, que registrou o caso, as vítimas foram deixadas sozinhas em casa, com uma vela acesa.

O investigador disse em entrevista à TV Anhanguera que o pai das crianças foi preso em flagrante e a mãe, uma adolescente de 17 anos, foi apreendida. A menor prestou depoimento e foi liberada. Já o jovem foi solto após o pagamento de fiança.

“Foi feito o auto de prisão em flagrante pela prática do homicídio na modalidade culposa. E, também, o auto de apreensão da mãe, que é menor de idade. A Polícia Civil dará continuidade às investigações”, afirmou Danilo.

O incêndio aconteceu na madrugada de sábado (12), na casa em que a família mora, no Parque Lage, em Formosa. Segundo o Corpo de Bombeiros, a suspeita é de que uma vela provocou as chamas.

De acordo com o Major Bráulio Cançado Flores, comandante da Companhia Independente Bombeiro Militar de Formosa, a equipe chegou à residência sete minutos após ser acionada. Porém, as crianças já estavam mortas.

“As pessoas já tinham iniciado o combate às chamas. As chamas estavam localizadas em um cômodo da casa, especificamente em uma cômoda e em um colchão, onde estariam as crianças. Estas crianças já estavam de fora, nas ambulâncias, sendo socorridas. Nós fizemos a operação de rescaldo e estabilização do cenário”, disse

Segundo testemunhas, os pais tinham saído de casa e deixado os filhos sozinhos dormindo. Como não tem energia elétrica no imóvel, eles teriam deixado pelo menos uma vela acesa.

Fonte: Globo.com

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email