Polícia

Adolescente de 16 anos tomba em confronto com a PM no Bairro Irmã Dulce em Teixeira

Uma guarnição da 87ª CIPM de Teixeira de Freitas, estava no plantão da “Operação Romeu e Julieta”, quando os policiais militares foram parados por uma pessoa, no Bairro Castelinho, informando aos policiais que havia um suspeito, transitando dentro do bairro, em posse de uma arma de fogo, e que o mesmo estaria em uma motocicleta modelo Honda/Biz, de cor preta, placa policial PJV 0156.

Os policiais, então, intensificaram a ronda dentro do bairro, tentando localizar o suspeito para averiguar as informações. Os policiais continuaram as buscas nos bairros circunvizinhos, quando se depararam com o suspeito na Rua Limoeiro, no Bairro Irmã Dulce, em frente ao Campo da Pulga, que fica próximo à Escola Municipal Irmã Dulce. Os policiais deram ordem de parada para o suspeito, que não obedeceu.

Ainda na mesma rua, o suspeito foi interceptado, e quando os policiais se aproximaram, ele sacou de uma arma de fogo, e direcionou para os policiais militares que ainda estavam dentro da viatura, e atirou por três vezes seguidas, foi quando os militares revidaram à injusta agressão, atirando contra o criminoso. O suspeito foi atingido e socorrido imediatamente pela guarnição ao Hospital Municipal – HMTF.

O indivíduo passou por procedimento cirúrgico, porém, não resistiu e veio a óbito por volta de 01h15 da madrugada deste domingo, dia 16 de julho. Os policiais militares, após prestarem o socorro ao acusado, realizaram a apresentação do auto de resistência com resultado morte ao delegado plantonista, Júlio Telles. Foi apresentada a arma de fogo usada pelo suspeito, um revólver calibre 38.

O delegado ouviu os policiais militares, posteriormente esteve no HMTF na tentativa de poder pegar alguma informação do suspeito. Porém, não houve êxito, porque não foi encontrada nenhuma pessoa da família. O delegado abriu inquérito para apuração dos fatos. O acusado foi identificado, posteriormente, como Ateildo de Jesus Silva, 16 anos de idade. O corpo do menor será removido ao IML, para a realização de exames de praxe, em seguida liberado para velório e sepultamento.

Fonte: LiberdadenewsCloves/Neto

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email