Polícia

Em vídeo, sequestrador de Thayná conta detalhes do crime e onde está corpo

13/11/2017 - às 13:11h
Por Franciele Pinho

Durante a confissão, Ademir Lúcio Araújo Ferreira garantiu que o corpo da menina está dentro de uma lagoa em Viana

Acusado de sequestrar a menina Thayná Andressa de Jesus Prado, 12 anos, Ademir Lúcio Araújo Ferreira, de 55 anos, contou, em vídeo, após ser preso, detalhes do dia do crime. Durante a confissão, ele garantiu que o corpo da menina está dentro de uma lagoa em Viana (assista abaixo).

Segundo Ademir, no dia do crime, ele parou o carro no bairro Universal, em Viana, quando viu a menina de 12 anos na rua. Ele chamou a menina pelo nome e perguntou pela mãe dela, que disse que Clemilda estava trabalhando. Em seguida, Ademir chamou Thayná para entrar no carro.

Ele conta que, após a menina entrar no carro, dirigiu em direção à lagoa e parou o carro próximo ao local. De acordo com Ademir, em determinado momento ele convidou a menina para ter uma relação sexual, que negou.

Foi quando ela saiu correndo do carro e ele não teve como alcançá-la. “Ela passou por um alambrado e foi correndo pela lagoa, e aí que eu vi ela afundando na água. A lagoa é funda, não deu para eu pegá-la. Não tinha como eu salvar ela, foi muito rápido”, justifica.

Questionado sobre onde estava a menina, ele responde: “A Thayná está dentro da lagoa”. Ademir ressaltou que naquele dia ela ficou dentro da lagoa e ele entrou em desespero. “Eu liguei para a mãe dela para avisar, só que ela não me atendeu. Se meu telefone está grampeado vão ver. Liguei duas vezes para ela”, finalizou.

Policiais militares do Rio Grande do Sul prenderam na madrugada desta segunda-feira (13) o acusado de sequestrar a menina Thayná Andressa de Jesus Prado, 12 anos. Ademir Lúcio Araújo Ferreira, de 55 anos, foi encontrado na Rua Comendador Manoel Pereira, no Centro de Porto Alegre. A ação contou com o auxílio de policiais civis do Espírito Santo, que ajudaram nas buscas ao foragido.

Ademir foi levado para a 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento da Polícia Civil, localizada em Porto Alegre. Ainda não há informações de quando Ademir será transferido para o Espírito Santo.

CERCO NO SUL DO PAÍS DESTE A ÚLTIMA TERÇA

Policiais civil da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do Espírito Santo, estavam no Rio Grande do Sul desde a última terça-feira para tentar localizar Ademir.

ADEMIR ESTAVA COM VISUAL DIFERENTE

Vinte e sete dias depois de sequestrar a menina Thayná Andressa de Jesus, Ademir Lúcio Ferreira, estava com uma aparência diferente de quando levou Thayná em um carro no dia 17 de outubro no bairro Universal, em Viana.

Na imagem do momento da prisão, divulgada pelo secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, André Garcia, em sua página no Facebook, na manhã desta segunda-feira (13), é possível ver que Ademir está mais magro, com cabelo e barba maiores.

SEQUESTRADOR DEVE CHEGAR HOJE AO ES

O secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, André Garcia, afirmou na manhã desta segunda-feira (13), em entrevista à Rádio CBN Vitória, que Ademir Lúcio Araújo Ferreira, 55, o suspeito de sequestrar e matar a menina Thayná de Jesus, 12, deve chegar ao Estado ainda hoje. Garcia também contou alguns detalhes da prisão.

Segundo André Garcia, Ademir foi preso perto de uma pensão e estava sendo monitorado por uma equipe da Polícia Civil do Espírito Santo. “Desde a semana passada a equipe estava no Rio Grande do Sul. A gente tinha uma área onde ele estaria circulando em Porto Alegre. Ele já morou na cidade e respondeu a crimes no Rio Grande do Sul”, disse

Fonte: GazetaOnline

 

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email