Polícia

Pai é condenado a 20 anos de prisão por estuprar a filha de 5 anos

19/04/2017 - às 21:04h
Por Repórter Coragem

Um vigilante de 50 anos de idade foi condenado a 20 anos de prisão por estuprar a filha, em Cariacica-ES. A criança tinha cinco anos na época do crime e foi abusada sexualmente por cerca de um ano. Os crimes aconteciam quando a mãe deixava a menina com o pai para ir ao culto ou quando a vítima passava os finais de semana com o pai.

Os pais da criança não moravam juntos e, por vezes, a vítima ficava na casa do pai. “O comportamento da menina chamou a atenção da mãe e também a conversa da menina contando sobre uma pinta que o pai possuía na genitália. A mãe levou a menina ao psicólogo e ela acabou contando sobre os abusos”, detalhou o delegado Lorenzo Pazolini, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Informações: TV Gazeta

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email