Colunistas

A bolsa de apostas

4/07/2017 - às 09:07h
Por Bell Kojima

 

O que dizem as pesquisas?

 

Pesquisas recentes realizadas na região mostram que a população, de modo geral, se tornou mais tolerante com os prefeitos que assumiram os mandatos em janeiro de 2017. A principal razão de estar acontecendo isso é devido à crise que o País está atravessando.

Com a crise econômica, a situação das prefeituras ficou complicada, porque as despesas aumentaram e as receitas caíram, quer seja a receita própria através da arrecadação de impostos ou as receitas devido aos repasses, principalmente os federais.

O fato é que a grande maioria das prefeituras está a pão e água.

 

A saúde é prioridade

 

Com a crise econômica, a saúde passou a ser prioridade em todas as cidades brasileiras. O povo, sem dinheiro, recorre ao SUS em busca de atendimento. Com isso, a demanda aumenta e as estruturas de saúde dos municípios ficam deficitárias para atender à população.

   Se tomarmos duas cidades como exemplo, Teixeira de Freitas e Caravelas, os prefeitos têm priorizado a saúde e feito investimentos visando melhorar a qualidade do atendimento.

A população de Teixeira entende que está melhorando, mas, continua cobrando, enquanto em Caravelas, existe um nível maior de satisfação. É o que dizem as pesquisas.

 

Respeito à opinião pública

 

No mundo atual, com a evolução do quarto poder, principalmente a internet, ninguém consegue mais governar se não tiver em sintonia com os anseios do povo.

Michel Temer dificilmente se manterá no poder porque a popularidade do governo está chegando a níveis insuportáveis. A manutenção do poder depende basicamente de dois fatores: não contrariar os poderosos e satisfazer o povo.

Pesquisas recentes mostram que a baixa popularidade do governo Temer é devido às denúncias de corrupção e a economia em baixa.

 

A bolsa de apostas

 

Com a promessa do prefeito de Teixeira asfaltar 100 ruas por ano, a bolsa de apostas está em aberto. Muitas apostas estão sendo feitas, mesmo alguns aliados não acreditam nessa possibilidade.

   No entanto, o prefeito, na última entrevista concedida a rede Sul Bahia de Comunicações, voltou a confirmar o número e está confiante de que irá conseguir realizar o feito.

A pesquisa mostra que os dois maiores anseios da população de Teixeira estão na saúde e na infraestrutura. O prefeito tem mostrado que irá priorizar estes dois setores, e também na geração de empregos, através do polo industrial que está sendo implantado.

 

Confiança na mídia

 

Uma pesquisa do Instituto Reuters para o estudo do jornalismo da Universidade de Oxford, na Inglaterra, coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação. Foram ouvidos 70 mil consumidores de notícias de 36 países.

O foco é a confiança do público numa época de notícias falsas, as “fake news“, que são distribuídas sem controle pelas redes sociais.

A Finlândia é o país onde os internautas mais confiam nas informações veiculadas pelas empresas de comunicação. Em segundo lugar, o Brasil, com 60% dos entrevistados. A confiança também é alta em Portugal e na Espanha.


Dilvan Coelho

Edição Bell Kojima/Repórter Coragem


Leia também:

Combate à violência

Vendedores ambulantes

João Bosco pode ser preso


 

Compartilhe:

Deixe seu comentário



APOIO:

Agência Publicitária RC Comunicação

073 99985-0223 / 98839-3445
Fale com a gente
Receba notícias por email