Maria
da penha

PM capacita policiais que vão atuar na Ronda Maria da Penha

14/11/2019 - 19h41

Mais um passo para a instalação da Ronda Maria da Penha em Teixeira de Freitas foi dado com a capacitação de policiais militares da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). Também participaram militares da 44ª CIPM/Medeiros Neto, 88ª CIPM/Mucuri e da 89ª CIPM/Alcobaça, 13º BEIC/ Teixeira de Freitas, além de representantes de órgãos ligados à defesa da mulher.

Durante quatro dias, desde a última segunda-feira (11), os policiais receberam instruções de gênero, legislação, protocolos e técnicas aplicadas à Ronda Maria da Penha, estudo de casos e, na prática, fizeram visitas orientadas a algumas mulheres que têm medidas protetivas na cidade de Teixeira de Freitas.

O curso foi ministrado pela major Denice Santiago, que trabalha no combate à violência contra a mulher, desde o ano de 2015, quando o programa foi criado na Bahia. Ainda fazem parte da equipe de capacitação o sargento Djair Moura e a soldado Joélia Santos.

A delegada da DEAM (Delegacia Especial de Atendimento à Mulher), Viviane Scofield, foi uma palestrante convidada que discorreu sobre a legislação relativa ao tema.

A cerimônia de entrega de certificados aos participantes do curso de capacitação da Ronda Maria da Penha foi realizada na manhã de quarta-feira (14), no auditório do 13º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), onde também ocorreu a capacitação.

Durante o evento, a major Denice Santiago reafirmou o compromisso da Ronda Maria da Penha em defesa da mulher e apresentou um slide com um breve conteúdo programático da capacitação. O major Silvio Nunes, que comanda a 87ª CIPM, enfatizou que dará o suporte e a independência necessária para que a ronda dê atenção e acompanhe a mulher vítima de violência. A promotora Graziela Junqueira parabenizou a iniciativa da PM, destacando que as mulheres assistidas pelo projeto se sentirão mais seguras. O advogado Matheus Silva Bastos, da Defensoria Pública, enalteceu a ação preventiva da ronda. O secretário da Assistência Social, Gilberto Silva Santos, disse que será parceiro “nesse embate em defesa da mulher”. A vereadora Erlita Freitas (PT), que é vice-coordenadora do Território de Identidade do Extremo Sul registrou sua felicidade em ver a concretização de um sonho. A delegada da DEAM, Vivianne Scofield, defendeu a existência de um defensor público exclusivo para atender mulheres vítimas de violência.

“Tivemos uma redução em 36% nos crimes de homicídio em referência ao ano passado, no período de Jan a Nov, e a Ronda Maria da Penha, com sua ação preventiva, nos ajudará ainda mais a diminuir a criminalidade no nosso município”, garantiu o major Silvio Nunes, dizendo que “a ronda nasce em berço de ouro”, para ilustrar a boa parceria que, segundo ele, a Polícia Militar tem com o Poder Judiciário, Ministério Público e todas as demais instituições que trabalham na segurança pública e na promoção social.


Deixe seu comentário
Tentativa de homicídio Adolescente é esfaqueado após discussão em Rancho Alegre e socorrido ao HMTF
7 de dezembro de 2019 - 16:35h
Feira da agricultura familiar "Feira da Agricultura Familiar" com clima de comemoração
7 de dezembro de 2019 - 14:12h
Violência doméstica Pregador de igreja é preso suspeito de manter mulher em cárcere privado
7 de dezembro de 2019 - 13:46h
Campeonato intermunicipal Itapetinga e Itamaraju na final do Intermunicipal ao vivo na TVE
6 de dezembro de 2019 - 16:53h
Teixeira criativa Teixeira Criativa: projeto promove destaque da arte teixeirense
6 de dezembro de 2019 - 15:23h
Biodiversidade Seminário comemora os 20 anos do Parque Nacional do Descobrimento
6 de dezembro de 2019 - 15:15h