Destaque

Renan: “não há mais o que fazer para evitar a CPI”

27/03/2014 - 18h53
Renan Calheiros e Aecio Neves

Karine Melo – Repórter da Agência Brasil

Mesmo reiterando sua desaprovação em relação à ideia de criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) no Senado para investigar a Petrobras, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que pretende consultar ainda hoje (27) os líderes dos partidos sobre o encaminhamento do requerimento protocolado nesta manhã pela oposição.

“É evidente que uma CPI em ano eleitoral mais atrapalha do que facilita a vida do Brasil, mas agora não há mais o que fazer. Temos o requerimento, o fato determinado, o pedido do um número de membros da própria comissão, então vamos marcar a data, fazer a conferência dos nomes e a leitura dos nomes e instalar a comissão”, disse.

Renan voltou a dizer que a preocupação é que a CPI se torne um palanque muito próximo da eleição, mas defendeu que do ponto de vista da investigação torce para que as apurações caminhem.

Sobre a possibilidade de criar uma comissão mista de senadores e deputados, Renan disse apenas que é difícil avaliar o que seria melhor, porque CPI é sempre uma investigação política. “Não sei se não vamos ter duas, três CPIs, o que há de concreto é o pedido de investigação que nós temos na Mesa do Senado”, disse.


Deixe seu comentário
Tentativa de homicídio Homem é esfaqueado em bar no Bairro Ulisses Guimarães e socorrido ao HMTF
22 de setembro de 2019 - 22:00h
Homicídio Homem é barbaramente assassinado no interior de Mucuri
22 de setembro de 2019 - 19:27h
Latrocínio Padre morre estrangulado em igreja
22 de setembro de 2019 - 15:53h
Exploração de petróleo MPF move ação contra leilão de blocos marítimos próximos a Abrolhos previsto par
22 de setembro de 2019 - 15:32h
Tentativa de homicídio Confusão termina com dois moradores esfaqueados no interior do Prado
22 de setembro de 2019 - 15:14h
Luto Luto- Morre de AVC o ex GM Ailton Souza
22 de setembro de 2019 - 15:07h