Destaque

Veja o que a voz rouca das ruas nos dá como retorno

27/03/2014 - 19h12
Povo Unido

Uma coisa que demoramos de adquirir é o crédito, porém uma vez perdido fica difícil recuperar. Isso é válido para todos, jornalistas, empresários e principalmente políticos. Quando um político é eleito ele recebe um cheque em branco do povo para agir em seu nome, portanto deve procurar zelar para não perder essa credibilidade, porque uma vez perdida é praticamente impossível recuperar.

No caso de Teixeira, o prefeito ganhou a eleição com a maior diferença de votos que um prefeito já teve em toda sua história. João Bosco teve 58% dos votos válidos, enquanto Timóteo teve 39%, isso representou 13 mil votos de diferença. Depois da eleição seria importante o prefeito saber o motivo da sua vitória para que pudesse governar sendo justo, distribuindo o poder e o prestigio com aqueles que realmente contribuíram para sua vitória, principalmente o povo que foi o maior responsável.

Entretanto o prefeito quando assumiu, jogou o plano de governo na gaveta e foi governar com a cartilha que seu partido (PT) lhe impôs. A primeira medida impopular que o prefeito tomou foi decretar estado de emergência, com o objetivo claro de começar a burlar as Leis, contratando sem licitações e direcionando os contratos para seus protegidos. Depois disso, começou a fazer licitações que vieram provocar o MP acioná-lo na justiça por crime de improbidade administrativa. Hoje ele responde por cinco processos na justiça, sendo que um deles já bloqueou seus bens e conta bancária.

Depois de cerca de 90 dias de governo, o prefeito anunciou que foram aprovados no Ministério do Interior, recursos do PAC no valor de R$ 222 milhões, com isso gerou uma grande esperança na população de que grandes obras iriam transformar a nossa realidade, principalmente com asfaltamento de ruas, a maior carência da cidade. Com isso a população lhe deu uma tolerância maior do que o normal e chegou a um ano.

Notamos através da voz rouca das ruas que a tolerância se esgotou completamente. Procuramos conversar com as principais caixas de ressonância da cidade, por exemplo, os taxistas e moto taxistas, os vereadores que recebem do povo a primeira carga de cobrança, e demais locais de acesso público, como bares, restaurantes e padarias etc. Em todos os locais a voz é uma só: “o povo está revoltado e o prefeito perdeu a credibilidade”. Percebe-se que o povo está inquieto, pronto para ir pra rua reivindicar seus direitos.

Um dos maiores sintomas do desgaste de um prefeito é quando nas aparições públicas o povo reage de forma negativa. Em mais de uma oportunidade o prefeito de Teixeira já começou a receber vaias, isso é um péssimo sintoma, principalmente de agora em diante que vai começar a campanha eleitoral. O prefeito desgastado será a principal vidraça dos adversários, isso porque atacá-lo rende votos. O maior agravante é porque a partir de agora, tudo que ele fizer ou falar tem pouca valia, mesmo porque, tudo será creditado à caça de votos.

Além de tudo isso, o prefeito rompeu com seu maior aliado, justamente o que lhe ajudou de forma decisiva ganhar a eleição, o ex-deputado Uldurico Pinto. Na cabeça do povo, o motivo do rompimento foi a cobrança que o deputado fez para apuração do crime do Jornalista Gel Lopes, que ainda continua sem solução. Existem sintomas de que o prefeito vem procurando silenciar a voz da imprensa cooptando ou intimidando, como foram os casos do repórter policial Edvaldo Alves, do site Repórter Coragem, do blog Foco no Poder, e também a Rede Sul Bahia que vem cobrando de forma intensa a apuração do crime, o que pode levar o prefeito a processar o ex-deputado também.

Por Foco no Poder


Deixe seu comentário
Tentativa de homicídio Homem é esfaqueado em bar no Bairro Ulisses Guimarães e socorrido ao HMTF
22 de setembro de 2019 - 22:00h
Homicídio Homem é barbaramente assassinado no interior de Mucuri
22 de setembro de 2019 - 19:27h
Latrocínio Padre morre estrangulado em igreja
22 de setembro de 2019 - 15:53h
Exploração de petróleo MPF move ação contra leilão de blocos marítimos próximos a Abrolhos previsto par
22 de setembro de 2019 - 15:32h
Tentativa de homicídio Confusão termina com dois moradores esfaqueados no interior do Prado
22 de setembro de 2019 - 15:14h
Luto Luto- Morre de AVC o ex GM Ailton Souza
22 de setembro de 2019 - 15:07h